Saúde

Médicos dizem que saúde avançou, mas setor pode melhorar ainda mais

O prefeito Pedro Coelho, juntamente com o secretário de Saúde de Goioerê, Antônio Carlos Sestak e assessores da saúde, participaram terça-feira, de uma importante reunião com a nova equipe de médicos contratados para atuarem nas UBS da cidade.

De acordo com o prefeito, a reunião teve por objetivo, repassar informações sobre a carga horário de 8 horas, que deve ser cumprida, de acordo com as normas do Ministério Público, bem como colher informações sobre o andamento dos trabalhos e atendimento à população goioerense.

Segundo os médicos, a média de atendimento é de 30 pacientes por dia em cada Unidade de Saúde, com consultas que duram no mínimo 15 minutos.

Ainda de acordo com os médicos, devido à facilidade em agendar consultas por telefone, a demanda aumentou. Foi constatado também o aumento de pessoas usando o SUS.

Reclamação - Uma das reclamações da equipe médica, diz respeito ao número elevado de “atestados médicos”. Eles disseram que em alguns casos, os profissionais sofreram até ameaças por parte de pessoas em plenas condições físicas, mas que usam do recurso com o objetivo de faltar ao trabalho.

Melhorias - O prefeito Pedro Coelho aproveitou a oportunidade, para destacar a melhoria no sistema de saúde, principalmente com o atendimento nos bairros em total funcionamento. “Essa melhoria pode ser constatada junto à população, que tem elogiado os serviços”, disse.

Com relação aos problemas detectados, ele disse que os mesmos deverão ser sanados para manter o funcionamento do sistema de saúde em pleno alinhamento.

Participaram da reunião os vereadores José Soares, Jacy da Silva e Guilherme Dutra.